A Inclusão Financeira por meio de Plataformas Digitais experiências de países emergentes e análise do estado da arte no Brasil

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Isadora Formenton Vargas Nicolas Peixoto dos Santos

Resumo

O número de desbancarizados em países em desenvolvimento ainda é muito alto em comparação com os países desenvolvidos. Diversos prejuízos causados por esse fenômeno podem obstar o aperfeiçoamento inclusivo de economias. A partir dessa justificativa de pesquisa, busca-se identificar não só medidas implementadas por alguns países que representam o maior número de desbancarizados no mundo, tais como China, Índia e Quênia, como também os efeitos promovidos à inclusão financeira, especialmente por intermédio das plataformas digitais. Após, será analisado o Brasil, identificando-se semelhanças e diferenças com os demais países, além dos respectivos efeitos no cenário atual da economia. A hipótese de pesquisa consiste na eficiência das plataformas digitais ao combate dessa desigualdade.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
VARGAS, Isadora Formenton; DOS SANTOS, Nicolas Peixoto. A Inclusão Financeira por meio de Plataformas Digitais. Revista da Procuradoria-Geral do Banco Central, [S.l.], v. 14, n. 2, p. 49-62, maio 2021. ISSN 2595-0894. Disponível em: <https://revistapgbc.bcb.gov.br/index.php/revista/article/view/1078>. Acesso em: 05 ago. 2021.
Seção
Artigos